Autoridades alemãs fecham mesquita radical em Berlim

A mesquita salafista "Fussilet 33" é muitas vezes apresentada na imprensa como "a mesquita do Estado Islâmico"

As autoridades alemãs encerraram hoje uma mesquita radical em Berlim que era frequentada pelo autor do atentado com um camião armadilhado lançado contra um mercado de Natal em dezembro, revelou à agência AFP uma fonte da polícia local.

A mesquita foi inspecionada durante madrugada, bem como 24 outros locais na capital alemã, no quadro de uma operação que mobilizou 450 efetivos da polícia, disse a mesma fonte à agência francesa.

A associação religiosa "Fussilet 33", associada à mesquita situada no bairro de d'Alt-Moabit em Berlim e que já estava na mira dos investigadores, ficou interdita a partir das 06:00 locais (05:00 em Lisboa), indicou a polícia em comunicado.

A mesquita salafista "Fussilet 33" é muitas vezes apresentada na imprensa como "a mesquita do Estado Islâmico".

Ler mais

Exclusivos