Atentado faz pelo menos 16 mortos e 38 feridos

Veículo seria utilizado para um ato terrorista no fim do Ramadão

Pelo menos 16 pessoas morreram esta terça-feira e 38 ficaram feridas, na maioria civis, após a explosão de uma camioneta armadilhada em Kandahar, no sul do Afeganistão, no momento em que agentes da polícia tentavam desarmadilhá-la, anunciaram as autoridades.

"Os últimos números disponíveis dão conta de 16 mortos e 38 feridos levados para o hospital. Mas ainda temos ambulâncias no local porque pode haver outras vítimas sob os destroços", disse à agência de notícias France-Presse um responsável do hospital Mirwais de Kandahar.

A explosão ocorreu cerca das 12:00 (08:30 em Lisboa), no centro da cidade.

O veículo explodiu quando os polícias tentavam desarmadilhá-lo

Segundo o chefe da polícia local, Mohammad Qasim Azad, "as forças de segurança procuravam desde manhã um veículo suspeito e descobriram uma camioneta cheia de explosivos, estacionada perto de uma paragem de autocarro".

O porta-voz do governo da província, Daud Ahmadi, disse que "as forças de segurança atuavam com base numa informação".

Este responsável admitiu que a camioneta se destinava a cometer um atentado no fim do Ramadão, quando a cidade "se enche de pessoas que preparam as festividades do Eid".

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...