14 militares e polícias morrem em ataques talibãs no Afeganistão

Ataques terroristas tinham como alvo instalações policiais e militares

Pelo menos 14 militares e polícias morreram hoje na sequência de ataques de grupos talibãs na região ocidental do Afeganistão.

Os ataques foram praticamente simultâneos, na província de Badghis, e tiveram como alvo instalações policiais e militares.

De acordo com Ghulam Sarwar Haidari, subchefe da polícia do distrito de Ab Kamari, na província de Badghis, um grupo talibã atacou uma unidade militar, tendo feito pelo menos nove mortos.

Na mesma altura, os talibãs mataram cinco polícias no distrito de Qadis, na mesma província, segundo o porta-voz do governo provincial, Sharafuddin Majidi.

Um porta-voz talibã, Zabihullah Mijahid, reivindicou os ataques através de um comunicado enviado aos meios de comunicação social afegãos.

Os dois ataques ocorrem um dia depois do atentado suicida que fez 57 mortos e 119 feridos em Cabul, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico.

Ler mais

Exclusivos