Frases e momentos do líder cubano

Orador fora do comum, Fidel Castro deu centenas de entrevistas e proferiu milhares de horas de discursos pontuados de frases que fizeram a sua lenda, mas também de farpas certeiras para os seus inimigos e de elogios para os aliados.

"Condenem-me, pouco me importa, a história absolver-me-á"

- Outubro de 1953, no julgamento após o assalto ao Quartel de Moncada, que marca o início da sua lenda.

"Quando esta guerra terminar, outra muito mais longa e maior começará: A guerra que vou lançar contra os Estados Unidos. Este vai ser o meu verdadeiro destino".

- Junho de 1958, em carta a Cecília Sanchez a partir da Sierra Maestra.

"A pátria ou a morte!"

- Março de 1960, durante as exéquias das vítimas da explosão do navio francês La Coubre no porto de Havana, enquanto fornecia armas ao regime. "Pátria ou morte" tornou-se um dos principais slogans do regime.

"Pela Revolução, tudo; contra a Revolução, nada"

- Junho de 1961, em mensagem aos intelectuais.

"O socialismo ou a morte! O marxismo leninismo ou a morte!"

- Janeiro de 1989, no momento em que surgem preocupações com a instabilidade no bloco soviético.

"Jamais me retirarei da política, da Revolução. O poder é um esclavagista e eu sou seu escravo".

- setembro de 1991.

"Até as nossas prostitutas passaram pela universidade".

- 2003, a propósito da erradicação do analfabetismo em Cuba, durante uma entrevista ao cineasta norte-americano Oliver Stone para o documentário "Comandante".

"Pequeno Bush", "o Fuher", "O Idiota", o "Imbecil" e "César"

- O Presidente norte-americano George W. Bush foi um dos alvos favoritos de Fidel Castro

"O maior democrata de toda a América do Sul".

- Pelo contrário, o seu "filho espiritual", o antigo Presidente venezuelano Hugo Chavez, foi qualificado de

"Tem alma de campeão, admiro a sua perseverança. É o otimismo e a esperança da região".

-Sobre o ex-metalúrgico que foi Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva:

"Conheci dois santos na vida, João Paulo II e Madre Teresa".

- Fidel Castro manifestou sempre simpatia pela figura do antigo papa, que efetuou uma visita a Cuba em 1998.

"Um dos homens mais nobres, mais extraordinários, mais desinteressados que conheci".

- Sobre o companheiro de armas, o argentino Ernesto "Che" Guevara

"O "Che` do desporto".

- Sobre o amigo ex-futebolista argentino Diego Maradona

"Terei um fim como todo os outros, a nossa vez chegará, a todos".

- Durante a presença, a 19 de abril, no encerramento do Congresso do partido comunista cubano, admitiu, com voz trémula

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.