ANC dividido sobre o afastamento do presidente Jacob Zuma

O presidente pode ser afastado do Congresso Nacional Africano devido aos casos de corrupção em que está envolvido.

O Congresso Nacional Africano, no poder na África do Sul, está dividido sobre o eventual afastamento antecipado do presidente Jacob Zuma, reconheceu hoje a secretária-geral do partido, Jessie Duarte.

Numa conferência de imprensa realizada hoje, Jessie Duarte disse que o comité de trabalho do Congresso Nacional Africano (ANC) reuniu-se de urgência na segunda-feira para discutir o futuro do presidente Jacob Zuma mas que "há posições divergentes".

O segundo mandato presidencial de Zuma termina em 2019 mas, nesta altura, aumenta a pressão para que o chefe de Estado seja afastado do cargo devido aos casos de corrupção em que se encontra envolvido.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.