Universidade cria primeiro centro de investigação de ninjas

Objetivo é absorver a "sabedoria dos ninjas" e usá-la nos dias de hoje

DN
Jovens praticam artes marciais japonesas, ao estilo dos ninjas, na Cidade de Gaza | foto Reuters Mohammed Salem
Jovens praticam artes marciais japonesas, ao estilo dos ninjas, na Cidade de Gaza | foto Reuters Mohammed Salem
Jovens praticam artes marciais japonesas, ao estilo dos ninjas, na Cidade de Gaza | foto Reuters Mohammed Salem
Jovens praticam artes marciais japonesas, ao estilo dos ninjas, na Cidade de Gaza | foto Reuters Mohammed Salem
Jovens praticam artes marciais japonesas, ao estilo dos ninjas, na Cidade de Gaza | foto Reuters Mohammed Salem

Uma universidade japonesa vai criar o primeiro centro de investigação do mundo dedicado à cultura ninja. A Universidade Mie, em Kansai, vai estudar os assassinos vestidos de negro que se tornaram populares na história do Japão e na ficção para "aplicar a sabedoria ninja à sociedade moderna".

"Vamos investigar documentos antigos e colaborar com investigadores científicos para conseguirmos aplicar a sabedoria ninja à sociedade moderna", explicou Yuji Yamada, professor de história da universidade, citado pela AFP.

O centro de investigação vai abrir em julho, na cidade de Iga, que é considerada o berço das artes marciais feudais.

"Por exemplo, os ninjas queimavam incenso antes de saírem para afastar os males. Nós assumimos que o incenso podia aumentar a sua concentração e assim os ninjas evitavam serem feridos", continuou. Para o professor, investigar estas fragrâncias podia ter um efeito positivo nas nossas vidas.

Hisamatsu Makoto, também professor da universidade Mie, está a estudar a dieta dos ninjas, segundo a agência Nippon. Makoto acredita que conhecendo o sabor, a composição e a quantidade de calorias dos alimentos dos ninjas seria possível ter uma "boa referência" para o que comer em situações de emergência e desastre.

O centro de investigação vai publicar na internet os resultados das pesquisas em japonês e inglês, para torná-los acessíveis a todos.

Os ninjas estão a ser usados pelas autoridades como uma forma de aumentar o turismo no país. A autarquia japonesa de Aichi, em Nagoya, começou até a contratar ninjas a tempo inteiro para aumentar o turismo na zona.