Sánchez já não vai ao Congresso do PS na Batalha

O líder do PSOE anunciou hoje que tenciona apresentar uma moção de censura contra o governo de Mariano Rajoy

Paulo Tavares
Líder do PSOE Pedro Sánchez© EFE

Pedro Sánchez já não vai amanhã à Batalha para participar no Congresso do Partido Socialista. O líder dos socialistas espanhóis invocou razões de agenda e o cancelamento surgiu depois de ter anunciado hoje que tenciona apresentar uma moção de censura contra o governo do PP de Mariano Rajoy.

O anúncio prende-se com a sentença, conhecida na quinta-feira, do chamado caso Gürtel. Além de pesadas penas de prisão para 29 dos acusados, entre os quais o ex-tesoureiro do PP, o partido de Rajoy foi multado em 245 mil euros.

A crise política levou também Rajoy a cancelar a sua ida amanhã à final da Champions em Kiev na Ucrânia. O jogo é disputado entre o Real Madrid e o Liverpool.