Pelo menos 32 turistas chineses morreram em acidente na Coreia do Norte

O grupo de turistas chineses visitava locais históricos relacionados com a intervenção da República Popular da China na Guerra da Coreia

Susete Henriques
Arquivo© EPA/KOREA / POOL

Pelo menos 32 turistas da República Popular da China e quatro cidadãos norte-coreanos morreram num acidente de viação na Coreia do Norte, disse hoje o gabinete do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Pequim.

O porta-voz do ministério, Lu Kang, confirmou o acidente ocorrido no domingo à noite na província de Hwanghae, a sul de Pyongyang, na Coreia do Norte.

A estação de televisão estatal da República Popular da China, CCTV, mostrou imagens do autocarro onde seguiam as vítimas e também dos feridos que foram transportados para um hospital.

Os primeiros dados sobre o número de mortos só começaram a ser divulgados hoje, após o envio de diplomatas de Pequim para Pyongyang.

O grupo de turistas chineses, um grupo invulgarmente numeroso, visitava locais históricos relacionados com a intervenção da República Popular da China na Guerra da Coreia (1950-1953).

A China e a Coreia do Norte partilham uma longa fronteira e Pequim é o maior parceiro comercial de Pyongyang. Os turistas chineses são o maior grupo de visitantes do isolado país, principalmente com deslocações a locais relacionados com a intervenção militar chinesa na Guerra da Coreia (1950-53).