Pugilista de 15 anos morre num combate juvenil

Depois de ter sofrido um ferimento grave na cabeça, o pugilista começou a ter convulsões. Caso está a ser investigado

Lusa
© Rui Oliveira / Global Imagens

Anton Sidorov, pugilista de 15 anos, morreu após vários golpes sofridos na cabeça numa competição juvenil, em Vladimir, na Rússia, informou esta segunda-feira o departamento de investigação da região.

Enquanto disputava a terceira ronda do torneio, o jovem pugilista começou a ter convulsões e o árbitro foi obrigado a interromper a prova.

Os investigadores adiantaram que a morte foi causada por negligência, devido a um ferimento grave na cabeça, mas o processo ainda está em aberto.

"Estabeleceu-se que o estado de saúde do jovem exigiu uma atenção extra pois já tinha sofrido, alguns anos antes, um ferimento grave na cabeça", comunicou o mesmo departamento.

Alexander Kiryukhin, chefe do departamento da saúde regional, disse que Sidorov era um desportista da academia local e não estava apto para lutar.

O mesmo responsável ordenou ainda uma investigação extra para apurar se estavam reunidas todas as condições clínicas do jovem e sobre o torneio organizado sem autorização da federação regional de pugilismo.