Incêndio em prédio de 17 andares na Índia provoca quatro mortos e 22 feridos

Ainda não é conhecida a causa do incêndio, que, além dos moradores, provocou ferimentos a bombeiros que combatiam as chamas

DN / Lusa
Bombeiros combatem as chamas num prédio em Bombaim© Francis Mascarenhas / Reuters

Um incêndio deflagrou hoje no 12.º andar de um prédio residencial em Bombaim, capital financeira e de entretenimento da Índia, matando quatro pessoas e ferindo outras 22, incluindo dois bombeiros, segundo as autoridades locais.

Dezenas de pessoas foram resgatadas do prédio de 17 andares Crystal Tower, segundo um oficial do corpo de bombeiros.

A causa do incêndio nesta área comercial de Parel, em Bombaim, em está sob investigação.

As chamas e o fumo espalharam-se rapidamente, deixando presos alguns moradores numa escadaria, disse aos jornalistas o chefe dos serviços de bombeiros, P.S. Rahangdale.

Rahangdale disse que pediu à polícia que o prédio fosse encerrado e o seu dono detido, porque os equipamentos de combate a incêndios, incluindo hidrantes, aspersores e acoplamentos de mangueiras, funcionavam com problemas.

Avinash Supe, responsável pelo Hospital KME, disse que 24 pessoas foram levadas para o hospital, quatro das quais já sem vida.

Outras 20 pessoas estavam a ser tratadas por inalação de fumo e queimaduras, mas em condição estável, disse Avinash Supe.

Dois bombeiros também ficaram feridos enquanto combatiam o incêndio, disse um oficial da corporação.

Os incêndios são comuns na Índia, onde leis de construção e segurança são muitas vezes desrespeitadas por construtores e moradores.

Em dezembro, um incêndio de madrugada num restaurante em Bombaim matou 15 pessoas.