Tailândia. Família britânica espancada na rua

Foram pontapeados e esmurrados até ficarem inconscientes

DN
© DR

Foram divulgadas imagens chocantes de uma família britânica a ser brutalmente espancada por um grupo de residentes, perto de um resort.

Os três membros da família - um homem na casa dos 40 anos e os seus pais, com cerca de 60 - foram esmurrados e pontapeados por vários jovens quando saíam de um bar, durante as celebrações de Ano Novo tailandês, em Hua Hin, uma cidade costeira que costuma acolher muitos visitantes europeus, conta o The Guardian.

No vídeo é possível observar a brutalidade das agressões que deixaram os idosos inconscientes no chão e o culminar do incidente com um pontapé na cara da mulher desmaiada.

Uma testemunha tentou ajudar mas foi igualmente agredida.

Segundo o jornal, a origem das agressões terá sido um pequeno embate de ombros entre o britânico e um local que de seguida o empurrou para o chão. A mãe do rapaz tentou falar com o tailandês e daí seguem-se sucessivas agressões.

A polícia prendeu três homens, com idades entre os 20 e os trinta anos, e um quarto está a monte, afirmam as autoridades locais.

"Os atacantes disseram que estavam bêbados. Não houve nenhuma quadrilha envolvida. Eles estavam simplesmente bêbados e perderam o controlo", afirmou a polícia local, que adiantou que os envolvidos da agressão aguardam julgamento em liberdade.

Os dois membros masculinos da família ficaram com ferimentos na cabeça e rosto. A mãe ficou com "um galo na cabeça que lhe provocou dores durante vários dias".

A família ainda não regressou para o Reino Unido e a embaixada britânica já lançou uma campanha de segurança para garantir que os turistas estejam atentos aos perigos que correm no estrangeiro.