China regista verão mais quente desde 1961

Temperatura média em todo o país fixou-se em 22 graus, um grau acima do registado em anos anteriores. E as temperaturas extremas prolongaram-se por mais tempo

Miguel Marujo
Temperaturas em Pequim atingiram 40 graus©  EPA/WU HONG

A China registou este ano o verão mais quente desde 1961, com a temperatura média em todo o país a fixar-se em 22 graus, segundo dados da administração meteorológica do país, citados pela agência noticiosa oficial Xinhua.

Entre junho e 26 de agosto, a temperatura média foi um grau acima do registado em anos anteriores, enquanto as temperaturas extremas se prolongaram por mais tempo e afetaram mais áreas.

Em agosto, a temperatura na China alcançou os 22,2°C, mais 1,2°C do que nos anos anteriores.

Cerca de 55 estações meteorológicas do país registaram este verão as mais altas temperaturas diárias, desde que há registos.