China concluiu primeira linha ferroviária de alta velocidade na Mongólia Interior

Comboios começam a circular no final de 2019. Viagens entre Pequim e Hohhot serão encurtadas para menos de três horas

Ana Bela FerreiraArtur Cassiano
Um comboio de alta velocidade chinês.© Arquivo Global Imagens

A construção da primeira linha ferroviária de alta velocidade na Região Autónoma da Mongólia Interior, no norte da China, foi concluída na terça-feira, de acordo com o construtor, avançou esta quarta-feira a agência de notícias Xinhua.

Com uma velocidade projetada de 250 quilómetros por hora, a ferrovia com uma extensão de 287 quilómetros passa pela capital regional de Hohhot, Ulanqab e Zhangjiakou, na província vizinha de Hebei.

A ferrovia deverá iniciar as operações no final de 2019, juntamente com a ferrovia Beijing-Zhangjiakou, que está ainda em construção.

As duas linhas vão reduzir o tempo de viagem entre Pequim e Hohhot das atuais nove horas para menos de três horas.