Ameaças de bomba levam a evacuações em várias cidades

Estações de comboios e edifícios públicos tiveram de ser evacuados na sequência de uma chamada telefónica anónima

Foi através de um telefonema anónimo que uma pessoa avisou as autoridades da alegada existência de bombas na estação de comboios central de Praga e em outros locais da República Checa. Além da capital, pelo menos mais duas cidades, Plzen e Pardubice, estarão em alerta devido à ameaça.

A polícia checa já confirmou a existência desta chamada, mas não especificou que outros locais estarão sob ameaça. Segundo a rádio checa, citada pelo Daily Mail, a pessoa avisava para o rebentamento de uma bomba a cada 15 minutos. O RT avança que, segundo a imprensa local, haveria 10 bombas.

Em Praga, além da estação central, foram também evacuados uma escola e uma das principais praças da cidade.

Entretanto, segundo informações que vão sendo divulgadas no Twitter mas ainda por confirmar a estação já voltou a abrir, depois de a polícia não ter detetado a presença de qualquer engenho explosivo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).