Adolescentes torturam e tentam matar rapariga de 13 anos 

As jovens, que filmaram a tortura, já tinham aberto uma cova para enterrar a menina depois da tortura

Quatro adolescentes, com idades entre os 13 e 16 anos, foram presas em Trindade, estado de Goiás, no Brasil, por terem torturado uma menina de 13 anos durante horas. Na confissão, as agressoras lamentaram por não terem conseguido matar a vítima.

Para atrair a vítima, as adolescentes convidaram-na para uma festa na passada quinta-feira. Quando a menina de 13 anos chegou ao local, elas amarraram-na e espancaram-na durante quatro horas e filmaram com um telemóvel.

As adolescentes cavaram uma cova onde colocaram a menina durante a tortura e que serviria para enterrá-la. A rapariga acabou por conseguir fugir num momento de distração, quando as agressoras se foram limpar, segundo o jornal local Mais Goiás, e foi socorrida por um vizinho que chamou a polícia.

A menina apresentava vários ferimentos, após ter sido espancada com paus, um martelo e uma faca. Ela contou ainda que as adolescentes lhe colocaram um penso higiénico sujo na boca até ela vomitar e a esfaquearam várias vezes.

Na nossa cabeça, nós íamos bater-lhe e ela ia morrer e nós íamos enterrá-la

Numa entrevista, uma das agressoras confessou que o objetivo era matar a rapariga, segundo a revista Veja. "Na nossa cabeça, nós íamos bater-lhe e ela ia morrer e nós íamos enterrá-la", afirmou a jovem. Quando foram presas as jovens confessaram o crime e mostraram-se arrependidas por não terem conseguido ir até ao fim.

Segundo as autoridades, a violência foi motivada por ciúmes, pois as agressoras acreditam que a vítima estava interessada no ex-namorado de uma delas.

O caso chocou a comunidade e o vídeo da agressão está a ser muito partilhado e comentado pelas redes sociais.

As menores de idade foram encaminhadas para um centro de detenção de menores e deverão ser acusadas de tortura e tentativa de homicídio. Assustadas pelo ataque, a vítima e a mãe mudaram de casa.

Exclusivos