Parecem pastéis de nata, sabem a pastéis de nata. E estão a conquistar a Ásia

Inglês quis levar para Macau o famoso doce português, no final dos anos 1980, mas não sabia a receita. Inventou a "portuguese egg tart", uma versão adulterada do pastel de nata que faz sucesso por toda a Ásia

A Lord Stow's Bakery, em Coloane Village, no chamado enclave português de Macau, atrai diariamente uma legião de clientes à procura dos pastéis de nata. Bom, "uma espécie de". Têm a forma do pastel de nata, a aparência do pastel de nata e foram inspirados no pastel de nata que o inglês Andrew Stow conheceu em Belém, numa visita a Portugal na década de 1980. Mas não são pastéis de nata. São as "portuguese egg tarts" que conquistaram Macau e ganharam uma fama ainda maior do que os originais por toda a Ásia.

Andrew Stow era um farmacêutico britânico que foi trabalhar para Macau no final dos anos 70 do século passado e se viu sem emprego quando fechou a empresa que o tinha contratado. Foi então que a visita a Portugal e a convivência com a comunidade portuguesa em Macau o inspirou para uma ideia de negócio. Uma padaria/pastelaria, coisa que rareava em território macaense.

Na proposta de candidatura a um empréstimo do banco, para poder abrir o negócio, Andrew teve de redigir uma lista de produtos que estava a pensar fabricar na sua pastelaria e lembrou-se de incluir o pastel de nata que tinha visto fazer parte dos hábitos dos portugueses em Lisboa.

Havia só um problema: Andrew Stow não sabia a receita. Então, o farmacêutico britânico resolveu experimentar e chegou a uma versão mais adaptada ao paladar britânico e asiático, com maior predominância do sabor a ovo - não tão doce e com um recheio mais gelatinoso. "Os amigos portugueses provaram e disseram-lhe: 'Isto não é um pastel de nata'", lembra a irmã, Eileen, numa reportagem publicada pelo South China Morning Post. "Os chineses disseram-lhe que aquilo estava queimado no topo e ele respondia que não era queimado mas sim brulée, que era assim que era suposto ser", acrescenta.

O nome de "Portuguese Egg Tart" surgiu para diferenciar este pastel de natal adulterado dos dimsum de ovo que fazem parte da culinária chinesa. E assim a criação de Andre Stow foi ganhando popularidade entre a comunidade asiática, até se tornar o pastel de nata mais famoso da região. Mesmo sem ser um verdadeiro pastel de nata.

Eileen, que ficou a gerir a marca após a morte do irmão, em 2006, acredita que se Andrew "soubesse o sucesso que isto ia ter, tinha-lhe chamado tarte de ovo de Macau". Hoje, 29 anos depois da abertura, a Lord Stow's Bakery é uma cadeia que se espalha por mais países asiáticos, como Filipinas, Hong Kong ou Japão, e fabrica 21 mil pastéis de nata por dia só em Macau. Ou melhor, "portuguese egg tarts".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Viriato Soromenho Marques

Quem ameaça a União Europeia?

Em 2017, os gastos com a defesa nos países da União Europeia tiveram um aumento superior a 3% relativamente ao ano anterior. Mesmo em 2016, os gastos militares da UE totalizaram 200 mil milhões de euros (1,3% do PIB, ou o dobro do investimento em proteção ambiental). Em termos comparativos, e deixando de lado os EUA - que são de um outro planeta em matéria de defesa (o gasto dos EUA é superior à soma da despesa dos sete países que se lhe seguem) -, a despesa da UE em 2016 foi superior à da China (189 mil milhões de euros) e mais de três vezes a despesa da Rússia (60 mil milhões, valor, aliás, que em 2017 caiu 20%). O que significa então todo este alarido com a necessidade de aumentar o esforço na defesa europeia?