A escola onde se aprende a ser um (bom) Pai Natal

Durante um mês, homens (e mulheres) convivem com renas, aprendem a maquilhar-se e a fazer vídeos e também fazem exercícios de flexibilidade

É necessário (no caso deles) ter uma barba branca e farta, uns quilos extra (com barriga proeminente incluída) e muita, mas mesmo muita prática para ser merecedor daquelas bolachas com o copo de leite, na noite de Natal.

Foi para formar Pais Natais (e Mães Natais) certificados que nasceu a Santa Claus School, no Michigan, EUA.

É a escola de Pais Natais mais antiga do mundo - comemora em 2017 o seu 80º aniversário - e todos os anos, em outubro, seleciona candidatos em todo o país para uma formação de cinco dias e uma voltinha no Expresso Polar - um comboio que, no final da formação, faz uma viagem de convívio com todos os Pais Natais trajados a rigor.

Durante os cinco dias de treino, os candidatos têm aulas de maquilhagem - aprendem a colorir as bochechas e a dar à pele o tom rosado que se espera de um verdadeiro Pai Natal -, mas também fazem exercícios vocais para que a gargalhada se aproxime o mais possível do "Ho Ho Ho" esperado pelas crianças.

Os alunos e alunas recebem ainda formação em vídeo e em conceção de figurinos e aprendem técnicas para melhorarem a sua performance.

Na página de Facebook da escola, pode ler-se que "são bem-vindas as ajudantes de Elfos e as Mães Natal" e que o custo da formação de cinco dias é de 250 dólares (cerca de 210 euros).

.

Ler mais

Exclusivos