11 mortos e 25 feridos em bombardeamentos nos arredores de Damasco

Bombardeamentos atingiram principal bastião da oposição ao regime

Pelo menos 11 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas nas últimas horas na Síria devido a bombardeamentos na região de Guta Oriental, o principal bastião da oposição nos arredores de Damasco, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A ONG explicou que seis pessoas, incluindo quatro menores, morreram com os ataques de aviões não identificados em Duma, a maior cidade de Guta Oriental.

Outras quatro pessoas, uma delas uma criança, morreram na localidade de Saqba, enquanto um homem morreu em Beit Sawa.

O Observatório alerta que o número de vítimas mortais pode ser superior já que há feridos em estado grave.

Registaram-se também bombardeamentos nas zonas de Hamuriya, Kafr Batna e Utaya, também em Guta Oriental, mas sem mortos ou feridos.

A Síria vive há mais de cinco anos um conflito que já causou a morte de 300 mil pessoas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.