Homem com "clara intenção de atropelar estrangeiros" fere quatro pessoas

Um homem dirigiu nesta terça-feira o carro contra a multidão em Bottrop, na Alemanha, ferindo quatro peões. Entre eles haveria sírios e afegãos. A polícia deteve o suspeito, que fez comentários racistas quando foi apanhado depois de ter fugido

Um cidadão alemão de 50 anos dirigiu na manhã desta terça-feira de Ano Novo o Mercedes que conduzia para a multidão em Bottrop, no noroeste da Alemanha, ferindo quatro pessoas, avança a Reuters. "Houve uma clara intenção de atropelar estrangeiros", afirmou o ministro do Interior do estado da Renânia do Norte-Vestfália, Herbert Reul.

O homem terá proferido comentários racistas quando foi detido já na cidade vizinha de Essen, depois de fugir do local do ataque, segundo contou a polícia que, com o Ministério Público, suspeita que o atropleamento tenha sido deliberado e esteja "ligado a ideias xenófobas do condutor". Informação premiliar aponta para uma situação de doença mental daquele homem que até aqui não tinha registo criminal.

Uma porta-voz da polícia acrescentou ainda que entre os cidadãos feridos estão sírios e afegãos e que um dos feridos continua hospitalizado.

O alegado atacante terá ainda tentado atingir outras pessoas depois do primeiro atropleamento, embora sem sucesso.

O ministro do Interior alemão Horst Seehofer afirmou ao jornal Bild que o caso será cuidadosamente investigado, como acontecerá, acrescentou, com outro incidente que ocorreu no sábado na Baviera em que quatro requerentes de asilo foram presos, suspeitos de atacar várias pessoas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG