Há cerca de quatro mil variantes de covid em todo o mundo

Existem cerca de quatro mil variantes de covid-19 em todo o mundo, de acordo com o ministro responsável pelas vacinas no Reino Unido. As mutações estão a ser armazenadas para atualizar mais rapidamente as vacinas conforme for necessário.

O ministro responsável pela vacinação no Reino Unido, Nadhim Zahawi, disse à Sky News que há uma espécie de "biblioteca" de mutações do coronavírus, já na ordem das quatro mil, a ser armazenada para garantir que o país consegue responder rapidamente com a atualização das vacinas. As variantes foram identificadas na Califórnia, África do Sul, Brasil e Reino Unido.

"Temos a maior indústria de sequenciamento de genoma - temos cerca de 50% da indústria mundial de sequenciamento de genoma - e estamos a formar uma biblioteca de todas as variantes para que estejamos prontos a responder, seja no outono ou depois, a qualquer desafio que o vírus possa apresentar e produzir a próxima vacina para que possamos sempre proteger o Reino Unido e, claro, o resto do mundo também", disse o ministro.

Nadhim Zahawi afirmou que os fabricantes das vacinas como Pfizer/BioNTech, Moderna e Oxford/AstraZeneca estão a procurar melhores maneiras de as suas vacinas estarem prontas para qualquer variante.

Noutra entrevista à BBC Breakfast, o mesmo ministro disse que os estudos de transmissão da infeção entre residentes de lares vacinados e profissionais de saúde da linha da frente fornecerão mais informações sobre o tempo de reabertura da economia. "Essas evidências, juntamente com outras de outros países também, darão um roteiro muito claro para a abertura da economia, onde vemos uma enorme redução, esperançosamente, em mortes e hospitalizações", frisou Nadhim Zahawi .

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG