Gestor de campanha de Donald Trump acusado de agressão

Corey Lewandowski é acusado de agressão simples a Michelle Fields, uma repórter que trabalhava para o site conservador de notícias, Breitbart.

Gestor de campanha de Donald Trump, Corey Lewandowski terá agarrado uma jornalista pelo braço depois de uma conferência de imprensa na Florida, no dia 8 de março.

As autoridades divulgaram novas imagens do alegado ataque:

As imagens mostram Lewandowski a puxar a jornalista pelo braço quando se tenta aproximar de Trump para conversar.

Lewandowski diz que é inocente e a sua equipa de campanha já avançou que o gestor está a planear declarar-se como "inocente" perante a justiça norte-americana.

A polémica surge numa altura delicada para Donald Trump, que se prepara para as primárias da próxima semana no estado de Wisconsin. O governador daquele estado acaba de anunciar o apoio ao empresário para a presidência dos EUA.

Trump está na frente da corrida à nomeação republicana para as presidenciais de 8 de novembro nos EUA, com 739 delegados contra os 465 do principal rival, o senador do Texas Ted Cruz.

Do lado democrata, no Wisconsin, Hillary Clinton procura colocar um travão às ambições do senador Bernie Sanders, que "esmagou" a antiga secretária de Estado nas primárias de Washington, do Havai e do Alasca.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.