Força Aérea dos EUA testa míssil balístico intercontinental no Pacífico

Trata-se de um teste de rotina e não uma manifestação de força, segundo a força aérea

A Força Aérea norte-americana anunciou ter procedido hoje ao lançamento de um míssil balístico intercontinental não-armado, um teste efetuado a partir do estado da Califórnia.

O míssil Minuteman III descolou às 07:02 TMG (08:02 em Lisboa) da base de Vandenberg, de acordo com um comunicado do comando operacional da Força Aérea dos Estados Unidos.

O míssil percorreu cerca de 6.700 quilómetros antes de descer junto a um atol no oceano Pacífico situado nas Ilhas Marshall, dotado de uma base militar norte-americana utilizada para testes de mísseis balísticos.

Trata-se de um teste de rotina e não representa uma manifestação de força no quadro da tensão com a Coreia do Norte, a propósito do programa nuclear e balístico de Pyongyang, declarou à agência France-Presse um porta-voz do comando operacional, Joe Thomas.

O Minuteman III, que pode ser equipado com uma ogiva nuclear, é testado da mesma forma cerca de quatro vezes por ano, precisou uma segunda porta-voz do mesmo comando, Linda Frost.

"Estes testes verificam a precisão e a fiabilidade do sistema de armas IBCM [InterContinental Ballistic Missile], e fornecem dados importantes para manter uma dissuasão nuclear segura e eficaz", de acordo com o comunicado do comando operacional.

"O programa de testes ICBM demonstra a capacidade operacional do Minuteman III e garante a capacidade dos Estados Unidos para manterem uma dissuasão nuclear forte e credível como um elemento-chave da segurança nacional dos Estados Unidos e da segurança dos seus aliados e parceiros", acrescenta o comunicado.

Exclusivos