Falha elétrica deixa 950 mineiros presos

Os trabalhadores estão bloqueados a uma profundidade de 1000 metros

Um total de 950 mineiros estavam hoje bloqueados numa mina de ouro na África do Sul após um corte de eletricidade provocado por uma tempestade, anunciou a companhia proprietária da mina, assegurando que "parecem estar bem".

"Na noite passada houve uma tempestade na província de Free State (centro) que provocou um corte de corrente na mina, e por esse motivo não pudemos transportar para a superfície os trabalhadores da noite", declarou James Wellsted, porta-voz da sociedade Sibanye-Stillwater, interrogado pela cadeia televisiva eNCA.

"Ainda existem 950 mineiros que devem ser transportados para a superfície" da mina de Beatrix, perto da cidade de Welkom, explicou, acrescentando que 64 já saíram do subsolo.

Os mineiros estão bloqueados a uma profundidade de 1.000 metros.

"Todos os empregados parecem estar bem", assegurou o porta-voz, precisando que estavam a ser enviados alimentos e água para os mineiros.

Os geradores da mina, que deveriam ser ativados em caso de corte de eletricidade não funcionam, reconheceu ainda Wellsted.

Exclusivos