Explosão em supermercado de São Petersburgo faz pelo menos 10 feridos

Foi aberta uma investigação por tentativa de homicídio

Várias pessoas ficaram feridas esta quarta-feira, numa explosão num supermercado em São Petersburgo, na Rússia. A notícia foi avançada pela AFP, citando fonte policial. Não há, para já, informação oficial sobre as causas da explosão. A RT refere que há pelo menos dez feridos a registar. Mais de 50 pessoas terão sido retiradas do edifício.

Segundo uma porta-voz da comissão de investigação, Svetlana Petrenko, citada pelas agências russas, quatro pessoas foram hospitalizadas.

Uma investigação foi aberta por "tentativa de homicídio", de acordo com a mesma fonte.

Uma equipa de investigadores foi destacada para o local da explosão, situado na zona nordeste de São Petersburgo, segundo a agência de notícias TASS.

"Houve uma explosão. O pessoal de emergência está já no local. A evacuação foi terminada e não houve incêndio", disse à agência TASS fonte do Ministério das Emergências local.

"Uma explosão ocorreu por volta das 18:30 hora local (15:30 hora de Lisboa) num supermercado na avenida Kondratiev em São Petersburgo" indicou a polícia local, num breve comunicado.

Imagens partilhadas nas redes sociais mostram vários veículos da polícia e de emergência estacionados no exterior do supermercado Perekrestok, que fica no piso térreo de um centro comercial.

Em atualização

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.