Ex-militar que planeava atentado terrorista em São Francisco foi detido

Autoridades encontraram várias armas e explosivos na casa do homem de 26 anos, antigo marine

Everitt Aaron Jameson, um ex-marine de 26 anos, foi detido pelas autoridades norte-americanas por estar a planear um ataque terrorista, no dia de Natal, num dos mais conhecidos e populados espaços comerciais de São Francisco, Califórnia, EUA. O homem é simpatizante do Estado Islâmico, segundo informam vários meios de comunicação norte-americanos.

As autoridades foram alertadas para o comportamento suspeito de Jameson, depois de este ter publicado conteúdos relativos a ataques em território norte-americano.

O FBI, diz a CBS, encontrou também uma carta em que o homem de 26 anos assume planear o ataque, em que, ao detonar explosivos, iria confinar as pessoas presentes num local em que podia fazer ainda mais vítimas. Ex-marine, é treinado em pelo menos duas armas de guerra.

As autoridades federais fizeram uma busca na casa do homem, a 20 de dezembro, e encontraram várias armas e explosivos.

A televisão conta ainda uma história algo insólita entre Everitt Aaron Jameson e um agente de FBI. O agente terá telefonado acidentalmente para o telemóvel de Jameson, dizem documentos oficiais. O homem de 26 anos telefonou de volta mas a chamada foi para o voicemail do agente. Aparentemente, o autor dos planos do ataque terá percebido que o FBI estava na sua pista e disse a um agente infiltrado que não conseguia ir para a frente com o plano.

"Afinal, acho que não consigo fazer isto. Reconsiderei", terá dito.

Everitt Aaron Jameson pode agora enfrentar até 20 anos na prisão e uma multa de 250 mil dólares (mais de 210 mil euros).

Exclusivos