Ex-autarca de Londres acusa Europa de comportar-se como Hitler

Boris Johnson é o líder da campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia

O ex-presidente da Câmara de Londres Boris Johnson afirmou numa entrevista ao The Sunday Telegraph a publicar hoje que a União Europeia está a comportar-se como o ditador nazi Adolf Hitler, ao tentar criar um super-Estado.

Boris Johnson é o líder da campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia, a qual será referendada a 23 de junho, e é conhecido pelos polémicos comentários.

Na entrevista ao diário britânico, Johnson disse que os últimos dois mil anos de história da Europa se caracterizaram por reiterados esforços para colocar o continente sob um único governo, emulando o Império Romano.

"Napoleão, Hitler e várias pessoas tentaram fazer isso, mas terminou de forma trágica. A União Europeia é uma tentativa para fazer o mesmo, mas por diferentes métodos", disse o político britânico.

"Mas, fundamentalmente, o que está a faltar é [a resposta] ao eterno problema. Não há nenhuma ideia de lealdade subjacente à Europa", adiantou.

"Não há uma autoridade única que seja respeitada ou entendida. E isso está a causar um grande vazio democrático", referiu Boris Johnson.

De acordo com 'site' "What UK Thinks", a média das seis últimas sondagens de opinião dá um empate entre os que defendem a saída da Grã-Bretanha da União Europeia e os apoiam a permanência.

Uma outra sondagem realizada para o Sunday Mirror e o Independent indica os britânicos confiam mais em Johnson que em Cameron para dizer a verdade sobre a Europa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG