Eurodeputados do Partido do Brexit voltaram as costas ao hino europeu

Durante a sessão inaugural, deputados britânicos viraram as costas aos músicos quando estes tocaram o Hino da Alegria, de Beethoven.

Os deputados europeus do Partido do Brexit, de Nigel Farage, protagonizaram esta terça-feira uma ação de protesto virando as costas enquanto tocava o hino europeu no plenário do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, durante a sua sessão inaugural.

Os eurodeputados foram convidados a levantar-se para ouvir o hino europeu, mas os 29 deputados britânicos, eleitos na expectativa de que o Reino Unido deixe a União Europeia, mostraram hostilidade ao virarem-se de costas enquanto os músicos tocavam o Hino da Alegria, de Beethoven.

Já os eurodeputados da extrema-direita francesa, de Marine Le Pen, recusaram levantar-se quando o presidente do Parlamento Europeu por mais algumas horas, Antonio Tajani, pediu a todos que o fizessem para ouvir o hino europeu.

Farage, líder do Partido do Brexit, escreveu no Twitter: "Os eurodeputados do Brexit chegaram a Estrasburgo para serem alegremente desafiadores. Eles saberão que estamos aqui." Junto havia duas fotos dos protestos à porta do Parlamento, onde surgem com cartazes onde se lê "BeLeave in Britain", numa troca de palavras com "belive", de acreditar no Reino Unido, e "Leave", sair.

Pelo contrário os membros do ALDE, o grupo parlamentar onde se incluem os britânicos Liberais-Democratas, usaram T-shirts amarelas onde se lia, a negro, "Stop Brexit".

Exclusivos