EUA: Adolescente de 14 anos mata a tiro cinco membros da família

Um adolescente de 14 anos matou a tiros cinco membros da sua família entre a noite de segunda-feira e esta terça-feira, no estado norte-americano do Alabama, informou a polícia local.

O adolescente, num telefonema para a polícia, "admitiu que atirou sobre os cinco membros da sua família em casa", de acordo com uma mensagem publicada no Twitter pelo gabinete do xerife do Condado de Limestone, na fronteira com o Tennessee, ao sul de Nashville.

Numa nota recente publicada no Twitter, a polícia confirmou que a arma já foi encontrada, depois de o adolescente ter ajudado os investigadores a localizar a arma que disse "ter atirado por ali perto".

A polícia informou, inicialmente, que três pessoas haviam morrido no local e outras duas foram levadas para o hospital em estado crítico. Os dois últimos acabaram por morrer horas depois, devido à gravidade dos seus ferimentos.

O incidente ocorreu numa habitação da Ridge Road na pequena localidade de Elkmont, de acordo com a polícia.

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.