Estado norte-americano do Maine legaliza marijuana para uso recreativo

Proposta aprovada no Maine permite aos habitantes cultivar, distribuir e vender marijuana e produtos derivados

Os habitantes do estado norte-americano do Maine votaram, em referendo, a favor da legalização da marijuana para uso recreativo no seu território, segundo resultados finais hoje divulgados.

O estado do Colorado foi o primeiro a legalizar o comércio de marijuana para uso recreativo em 2012, seguido do Oregon, do estado de Washington e do Alasca, bem como da capital federal, Washington DC.

A 8 de novembro, no dia das presidenciais que elegeram o polémico magnata do imobiliário Donald Trump como inquilino da Casa Branca nos próximos quatro anos, nove estados votaram, em referendo, a legalização dessa droga para uso recreativo ou terapêutico.

Um deles, a Florida, aprovou a sua utilização para fins medicinais, ao passo que a Califórnia se pronunciou pela despenalização do seu consumo para fins recreativos, bem como o Nevada e Massachusetts. Por sua vez, o Arizona rejeitou uma proposta semelhante.

Hoje, o Maine tornou-se o oitavo estado a legalizar o uso recreativo da marijuana (a utilização terapêutica já era permitida por lei).

Os maiores de 21 anos serão agora autorizados a consumir até 42,5 gramas de marijuana, e poderão abrir em todo o estado lojas de venda dessa droga a retalho, bem como clubes sociais onde se possa consumi-la.

A proposta aprovada no Maine permite aos habitantes cultivar, distribuir e vender marijuana e produtos derivados. A droga leve deverá ser taxada a 10% e sujeita a restrições locais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG