Estado Islâmico divulga fotografia de bomba utilizada no avião russo

Imagem mostra uma lata de refrigerante e o que aparenta ser um detonador

Uma imagem da bomba que terá sido utilizada para fazer explodir o avião russo no dia 31 de outubro foi divulgada pela revista oficial do Estado Islâmico. A fotografia mostra uma lata de refrigerante e o que aparenta ser um detonador.

Na revista lê-se, segundo a Reuters: "Os cruzados do este e oeste pensavam que estavam a salvo nos seus aviões enquanto bombardeavam de forma cobarde os muçulmanos do califado. A vingança foi exatamente sobre aqueles que se sentiam seguros nos seus cockpits."

A imagem foi publicada pelo jornal El Mundo.

O avião da Metrojet explodiu quando sobrevoava o Sinai, no Egito, informação confirmada ontem pela Rússia. Morreram todas as 224 pessoas que estavam a bordo. "Podemos dizer sem equívoco que foi um ato de terrorismo", disse ontem Alexander Bortnikov, líder do serviço de segurança FSB.

O jornal russo Kommersant noticia que a bomba estaria debaixo do banco de um passageiro. "De acordo com uma versão preliminar [dos acontecimentos], a bomba poderia estar debaixo do assento de um passageiro, do lado da janela. O seu acionamento levou à destruição do caixilho da janela e despressurização da cabine, o que teve um papel explosivo", lê-se.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG