El Chapo: de barão da droga a ícone da moda

Camisa que Joaquín Guzmán vestia quando deu a entrevista a Sean Penn tornou-se num sucesso de vendas numa loja em Los Angeles

A detenção de Joaquín El Chapo Guzmán revelou ser uma excelente oportunidade de negócio... para uma loja de roupa. Os donos da Barabas, boutique situada em Los Angeles (EUA), souberam no sábado que o barão da droga mexicano tinha uma das suas camisas vestida quando deu uma entrevista ao ator Sean Penn, para a revista Rolling Stone. Amigos e clientes telefonaram aos irmãos Esteghbal a avisar e um deles, Shawn, contou que não perderam tempo em aproveitar o momento: no site colocaram "most wanted shirt" (camisa mais procurada) em alusão aos famosos cartazes de procura de criminosos do velho Oeste.

"Ele [Guzmán] podia ter comprado qualquer coisa, podia ter comprado Versace, outra marca qualquer, mas escolheu a nossa, os nossos designs", salientou Shawn Esteghbal ao The Guardian. A camisa em causa, em tons prata e azul, não passa despercebida e Esteghbal considera que talvez tenha sido o design a atrair El Chapo.

O barão da droga mexicano deu uma entrevista a Sean Penn, publicada na revista Rolling Stone, numa altura em que era procurado pelas autoridades depois de em julho do ano passado ter fugido da prisão de alta segurança no México. A entrevista acabaria por ajudar na captura de El Chapo.

Os irmãos Esteghbal não veem qualquer problema em apostar numa publicidade com ligações a El Chapo, um dos homens mais procurados pelas autoridades. "Nós apenas fazemos roupas", salientou Shawn Esteghbal.

As vendas estão a ser um sucesso - o site TMZ refere que o site da loja foi abaixo quando colocou a mensagem de "most wanted shirt" - mesmo com a camisa a custar 128 dólares (cerca de 118 euros). E até a Vanity Fair escreveu sobre a camisa, considerando-a um estilo de "kitsch passageiro".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG