Donald Trump forçado a desbloquear utilizadores no Twitter

Presidente dos Estados Unidos América teve de cumprir uma ordem de uma juíza federal que considerou uma violação da liberdade de expressão o bloqueio de utilizadores, sejam eles quem forem

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América, viu-se obrigado nesta terça-feira a desbloquear vários utilizadores de Twitter, devido a uma decisão de uma juíza federal de maio passado, que alegou na sentença que as redes sociais de funcionários governamentais constituem espaços públicos de discussão. Uma restrição de acesso a essas contas viola, segundo a juíza Naome Reice Buchwald, o direito de liberdade de expressão prevista na primeira emenda da constituição dos Estados Unidos da América.

Entre os utilizadores bloqueados encontravam-se um produtor de cinema, um guionista e um repórter fotográfico que criticavam as políticas da governação Trump.

Os utilizadores que se queixaram alegaram que ao serem bloqueados Donald Trump estava a excluí-los de uma discussão num fórum público. A juíza acolheu os argumentos dos queixosos e rejeitou a explicação dos advogados do Departamento de Justiça, que sustentavam que Donald Trum tinha o direito de bloquear pessoas com quem não tem intenções de interagir.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG