Donald Trump critica protestos: "Porque é que essas pessoas não votaram?"

Mais de dois milhões de pessoas inundaram cidades norte-americanas no sábado

O presidente norte-americano, Donald Trump, criticou hoje, na rede social Twitter, os milhões de pessoas que marcharam, no sábado, nos Estados Unidos em protesto contra a sua presidência.

"Vi os protestos ontem [sábado] mas tinha a impressão de que ainda agora tivemos uma eleição! Porque é que essas pessoas não votaram?", escreveu.

Mais de dois milhões de pessoas inundaram cidades norte-americanas no sábado, em protestos liderados por mulheres contra Trump, que muitos temem que vai fazer regredir os direitos das mulheres, imigrantes e minorias.

Os protestos, replicados um pouco por todo o mundo, ocorreram dias depois de Trump ter assumido a presidência dos Estados Unidos com uma taxa de aprovação de apenas 37%.

A estrela da música pop Madonna compareceu aos protestos no sábado, em Washington, juntando-se a milhares de pessoas que se manifestaram pelos direitos das mulheres e desafiando Trump.

Outras celebridades marcaram presença, como as atrizes Scarlett Johansson, Ashley Judd ou America Ferrera, o realizador Michael Moore ou a feminista Gloria Steinem.

Donald Trump também usou o Twitter para se vangloriar das audiências televisivas da cerimónia de tomada de posse, ao afirmar que foi vista por mais 11 milhões de pessoas que a de há quatro anos.

Em comparação com a de 2009, a primeira de Obama, que teve 38 milhões de espectadores, perdeu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG