Doação do papa permite jovens com deficiência continuarem a ir à praia

O papa Francisco contribuiu com fundos para permitir que jovens com deficiência continuem a frequentar a praia de "La Madonnina", na localidade de Fiumicino, nos arredores de Roma.

A associação italiana "Opera San Luigi Gonzaga" informou hoje, em comunicado, que Konrad Krajewski, o capelão do papa, entregou uma contribuição para os seus projetos com jovens com deficiências, nomeadamente pagando o arrendamento anual da praia privada "La Madonnina".

Como muitas das praias do litoral de Lazio, "La Madonnina" é privada e conta com acessos e serviços para pessoas com deficiências, uma equipa médico e um grupo de voluntários.

A associação sublinhou que esta não é uma "praia gueto", mas antes um local pensado para eliminar barreiras arquitetónicas.

Na carta que acompanhou o donativo explica-se que o papa também enviou uma bênção a todos os voluntários e, de forma especial, às pessoas com incapacidades e às suas famílias.

O valor doado não foi divulgado.

Desde o ano passado, também por iniciativa da capelania apostólica, alguns sem abrigo de Roma passam uma tarde nas praias do litoral de Roma.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG