Deputada do Ukip diz que Hitler era socialista

Candidata do partido a um dos círculos eleitorais disse nas redes sociais que líder nazi era de "esquerda"

A candidata do Partido de Independência do Reino Unido (UKIP, sigla em inglês) para representar o circuito eleitoral de Copeland no parlamento está a ser fortemente criticada por ter dito este domingo nas redes sociais que Hitler era socialista.

Fiona Mills, que é também dirigente do UKIP no condado de Cúmbria, onde se localiza o distrito de Copeland, publicou no Twitter uma imagem que mostrava uma frase que o ditador alemão terá dito em 1927. Na publicação, escreveu ainda: "Estou sempre a dizer aos de esquerda que Hitler era socialista e eles negam-no sempre. Líder do Partido Nacional Socialista Democrático. Socialista".

A frase atribuída a Hitler na imagem que Mills partilhou dizia o seguinte: "Nós somos socialistas. Nós somos inimigos do atual sistema económico capitalista para a exploração dos economicamente fracos, com os seus salários injustos, com sua indecorosa avaliação do ser humano de acordo com a riqueza e a propriedade ao invés da responsabilidade e desempenho, e nós estamos todos determinados a destruir esse sistema sob todas as condições".

Numa publicação logo a seguir, Fiona Mills corrigiu-se: "Oops é Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Não democrático. Mas ainda é socialista".

A candidata foi bombardeada por críticas nas redes sociais e acabou por apagar as publicações polémicas. No entanto, ainda chegou a responder a alguns utilizadores dizendo que "a extrema esquerda e a extrema direita fundem-se" e "são muito parecidas" e que "Hitler fazia parte da extrema esquerda". "E estou completamente correta", acrescentou a candidata antes de apagar todos os tweets.

Um porta-voz do Ukip defendeu Mills e afirmou ao Huffington Post que "é verdade que o partido Nazi era um partido socialista", acrescentando depois que os nazis eram "perversos e monstruosos".

Nas redes sociais, algumas pessoas questionaram a fonte da citação que gerou a confusão. Há quem diga que a frase não foi pronunciada por Hitler, mas sim por Gregor Strasser, um membro do partido Nazi e rival de Hitler que foi morto pelo ditador na chamada Noite das Facas Longas, em 1934.

Outras pessoas dizem ainda que é possível que Hitler tenha dito esta frase para conquistar a população. A citação terá sido feita em 1927, seis anos antes de Hitler se tornar Führer e chanceler, e numa altura em que o povo enfrentava altos níveis de desemprego.

"Hitler não era socialista. Usou a coisa do 'homem dos trabalhadores' para chegar ao poder, como o Ukip e o Trump", escreveu um utilizador.

Não é a primeira vez que esta mesma citação é usada para ligar Hitler à esquerda. Em 2013, segundo o Huffington Post, Rachel Frosh, comissária adjunta da polícia de Hertfordshire, Inglaterra, publicou a mesma frase no Twitter com a legenda: "Queridos socialistas, aceitem o vosso nazi interior".

Após várias críticas, Frosh pediu demissão e apagou a conta no Twitter.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG