Coronavírus. Filipinas regista primeira morte fora da China

A vítima é um homem de nacionalidade chinesa, com 44 anos, que estava internado em Manila desde 25 de janeiro.

Um homem de nacionalidade chinesa morreu nas Filipinas vítima de uma pneumonia causada pelo coronavírus de Wuhan, a primeira morte registada fora da China, anunciaram este domingo as autoridades.

O paciente, que faleceu no sábado, é um homem de 44 anos que foi internado no Hospital San Lazaro, em Manila, em 25 de janeiro, indicou o Departamento de Saúde das Filipinas em comunicado.

O número de mortes pelo novo coronavírus na China subiu para 304 (45 a mais que no sábado), enquanto o número de pessoas infetadas com a doença no território chinês é de 14 380 (2 590 a mais que na véspera).

Este surto de pneumonia provocado pelo novo coronavírus (2019-nCoV) foi detetado no final do ano em Wuhan.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há mais casos de infeção confirmados em 24 outros países, com as novas notificações na Rússia, Suécia e Espanha.

Na quinta-feira passada, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o estado de emrgência global, num esforço para controlar o coronavírus.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG