Coronavírus. Espanha volta a ter o maior número de mortes num só dia

Pela segunda vez consecutiva, Espanha regista recorde do número de mortes em 24 horas, 338. Elevam-se para 6 528 as vítimas mortais. Governo reunido para restringir a atividade económica apenas à essencial.

O número de vítimas mortais não para de subir em Espanha. Nas últimas 24 horas, o país vizinho registou mais 838 mortes, o que eleva para 6 528 o total de mortes. Voltou a ser o maior número de mortos num só dia (no sábado tinham sido 832).

O país regista 78 797 infetados e as autoridades sanitárias dão conta de 14 709 pessoas recuperadas. Espanha mantém-se o quarto país com mais casos no mundo - a nível global há mais de 668 infetados e mais cerca de 32 mil vítimas mortais.

Os quatro países mais afetados pela pandemia de covid-19 - Estados Unidos, Itália, China e Espanha - somam mais de 375 mil casos, o que representa mais de metade do total de pessoas contagiadas em todo o mundo.

A região com mais casos positivos de covid-19 é a de Madrid, com 22 677 infetados e 3 082 mortos, seguida pela da Catalunha (15 026 e 1 226) e a do País Basco (5 740 e 265), mas há registos de mais vítimas mortais em Castela-Mancha (539) e Castela e Leão (380).

Com o número de vítimas mortais sempre a aumentar em Espanha, o governo espanhol decidiu endurecer as medidas de isolamento dos 47 milhões de espanhóis, restringindo as atividades económicas apenas às essenciais.

Este domingo, o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, reuniu um Conselho de Ministros extraordinário para aprovar a limitação total de movimento, salvo os trabalhadores de atividades essenciais. A medida, avança o El País, entrará em vigor segunda-feira até 9 de abril.

Segundo o diário espanhol, o governo de Sánchez iniciou a semana relutante em restringir ainda mais o movimento, mas mudou de ideia após o número de mortos subir nas últimas 48 horas. O objetivo é diminuir a mobilidade nas próximas duas semanas para os níveis registados aos fins de semana, mas que aumentam durante os dias úteis.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG