Seul pede à ONU que supervisione fecho de base nuclear da Coreia do Norte

Pyongyang comprometeu-se a encerrar de forma definitiva a base onde realizou testes nucleares

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, pediu hoje às Nações Unidas que supervisionem o encerramento da base de ensaios nucleares da Coreia do Norte previsto para este mês.

Segundo fonte da presidência sul-coreana citada pelas agências internacionais de notícias, numa conversa telefónica com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, Moon solicitou que a ONU (Organização das Nações Unidas) participe enquanto observadora para verificar o compromisso da Coreia do Norte para a desnuclearização.

A Coreia do Norte vai proceder ao encerramento da base de ensaios nucleares com a presença de observadores internacionais e de jornalistas

Pyongyang comprometeu-se a encerrar de forma definitiva a base onde realizou testes nucleares, depois de os dois países terem chegado a acordo sobre a "completa desnuclearização" da península durante uma cimeira entre o presidente sul-coreano e o líder da Coreia do Norte, Kim Jon-un.

De acordo com informações transmitidas pela presidência da Coreia do Sul durante o passado fim de semana, a Coreia do Norte vai proceder ao encerramento da base de ensaios nucleares com a presença de observadores internacionais e de jornalistas.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.