"Contaminação microbiológica". Guinness sem álcool retirada do mercado

A histórica marca irlandesa tinha lançado o novo produto há menos de um mês. Contaminação afetou latas já distribuídas em alguns pontos do Reino Unido

A nova cerveja sem álcool da Guinness, lançada há apenas duas semanas pela famosa cervejeira irlandesa, está a ser recolhida pela marca, em Inglaterra, Escócia e País de Gales, após ter sido detetada uma "contaminação microbiológica".

A contaminação "pode tornar algumas das latas de Guinness 0.0 impróprias para consumo", informou a companhia Diageo, proprietária da Guinness, acrescentando que a recolha foi ordenada "por precaução" e que a produção desta cerveja só vai ser retomada "quando houver a certeza absoluta que foi eliminada a raiz do problema".

"Se comprou Guinness 0.0 não a consuma", avisa a Diageo, pedido também "desculpa pelo que aconteceu".

A cerveja Guinness 0.0 foi lançada no final de outubro como uma alternativa à Guinness tradicional mas baixa em calorias e sem álcool. Estava à venda no Reino Unido desde 26 de outubro em latas de 440 mililitros. O plano de expansão da marca previa iniciar a distribuição da cerveja na próxima primavera por bares e restaurantes de todo o Reino Unido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG