Confrontos em Lyon entre coletes amarelos

Nas ruas da cidade francesa elementos da extrema-esquerda e extrema-direita envolveram-se em confrontos após participarem na manifestação.

O final da tarde deste sábado ficou marcado por momentos de grande tensão em Lyon que terminaram com confrontos entre manifestantes que participaram no 13.º fim de semana de protesto dos coletes amarelos franceses (um movimento que contesta as reformas fiscais e sociais propostas pelo presidente Emmanuel Macron).

De acordo com as autoridades municipais da cidade após a manifestação dos coletes amarelos pela cidade, um grupo conotado com a extrema-direita e outro alegadamente ligado à extrema-esquerda que tinha participado na manifestação encontram-se na rua onde se situam as galerias Lafayette e entraram em confronto. A polícia foi chamada a intervir e deteve pelo menos duas dezenas de pessoas.

Segundo as informações divulgadas pelas autoridades, elementos mais radicais que estavam nestes grupos terão tentado agredir os polícias, tendo a câmara municipal garantido que estas ações partiram de tanto de pessoas relacionadas com a extrema-esquerda como com a extrema-direita. Em resposta, as forças policiais dispararam gás lacrimogéneo contra estes manifestantes. Que, entretanto iam danificando paragens de autocarros e contentores.

Na rede social Twitter surgiram vídeos que, alegadamente, mostra imagens dos confrontos desta tarde entre estes dois grupos. Um dos vídeos foram publicados por Damien Rieu e numa das páginas foi partilhado com a legenda: "À esquerda, a extrema-direita. À direita, a extrema-esquerda (se bem entendi) coletes amarelos contra coletes amarelos, em Lyon. Pacifistas e boas pessoas, claro."

O vídeo, entre outros, foi publicado no Twitter às 15.40 deste sábado e está assinalado como sendo a gravação dos confrontos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG