Confrontos durante a noite em Hamburgo em protestos contra G20

Segundo a polícia local, a noite foi marcada por uma violência extrema nas primeiras horas de sábado

Milhares de manifestantes encheram as ruas de Hamburgo, na Alemanha, pela segunda noite consecutiva, provocando desacatos, saques, barricadas e ataques à polícia, em protesto contra a cimeira das 20 maiores economias mundiais (G20).

Segundo a polícia local, citada pela AFP, a noite foi marcada por uma violência extrema nas primeiras horas de sábado, agredindo a polícia com barras de ferro e 'Cocktail Molotov', lançados a partir dos telhados.

Os últimos dados dão conta de 13 detenções de manifestantes e ainda de centenas de que invadiram um supermercado e outras lojas na localidade, além de carros incendiados nas ruas, fogueiras construído como latas de lixo e bicicletas usadas como barricadas de rua com ativistas e bicicletas.

Os líderes mundiais do Grupo dos 20 (G20) reúnem-se hoje para discutir temas como o terrorismo, as alterações climáticas e comércio.

Exclusivos