Celebridades ameaçam sair dos EUA se Trump ganhar

Candidato republicano reagiu às muitas ameaças de celebridades em abandonar o país caso vença as eleições em novembro

Enquanto aumentam as ameaças de celebridades em abandonar os EUA se Donald Trump ganhar as eleições, o candidato republicano fica ainda mais motivado para ser o próximo presidente: "Agora tenho de ser eleito. Estarei a fazer um grande serviço ao nosso país. Agora é muito mais importante."

Numa entrevista a um programa da Fox, Donald Trump foi confrontado com a mais recente atriz, Lena Dunham, a dizer que vai para o Canadá se o empresário ganhar. "Ela é uma atriz de segunda", respondeu. "Ouvi dizer que a Whoopi Goldberg disse o mesmo. Seria ótimo, ótimo para o país", acrescentou.

(Vídeo a partir dos 6:54 minutos)

Perante os muitos outros famosos que disseram algo idêntico - Jon Stewart, Samuel L. Jackson, Cher, Rosie O'Donell (que entretanto já afirmou que afinal não sairá) -, Trump disse que mal acabasse a entrevista iria imediatamente regressar à campanha.

Donald Trump venceu mais cinco estados nas primárias que se realizaram ontem, estando cada vez mais perto de se tornar o candidato republicano à Casa Branca. Do lado democrata, Hillary Clinton distanciou-se de Bernie Sanders e está na frente da corrida.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.