Candidato republicano acusado de agredir jornalista do The Guardian

Um jornalista do diário britânico The Guardian acusou na quarta-feira um membro do Partido Republicano norte-americano de o ter atirado ao chão e de lhe ter partido os óculos.

A altercação entre Greg Gianforte, candidato no estado de Montana a uma eleição parcial ao Congresso, e o jornalista Ben Jacobs decorreu durante um evento organizado na sede de campanha do republicado em Bozeman, no Montana, noticiou o jornal The Guardian.

"Greg Gianforte atirou-me ao chão e partiu-me os óculos", escreveu Jacobs na sua conta do Twitter.

O incidente teve lugar depois de o jornalista ter colocado uma questão sobre o sistema de saúde.

Outras pessoas corroboraram a versão do jornalista. "O Ben entrou na sala onde uma equipa de televisão local estava instalada para uma entrevista com Gianforte", disse a jornalista da BuzzFeed Alexis Levinson no Twitter.

"De repente ouvi um enorme estrondo e vi os pés de Ben no ar antes de cair no chão".

Em comunicado, a equipa do candidato republicano disse que o incidente ocorreu quando Gianforte estava a dar uma entrevista: "Ben Jacobs, do The Guardian, entrou no gabinete sem autorização, agitou um gravador na cara de Greg de forma agressiva e começou a lançar questões".

O candidato republicano terá pedido ao jornalista para sair da sala e baixar o gravador, mas sem sucesso, referiu o comunicado, que descreve que Jacobs agarrou o pulso de Greg e empurrou-o, "fazendo-os cair aos dois".

No registo de áudio do jornalista, ouve-se Gianforte a pedir-lhe para sair, mas não para tirar o gravador.

O jornal disse estar "consternado" com o caso e os democratas pediram a Gianforte para retirar a candidatura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG