Caças suíços escoltaram avião russo. Moscovo pede explicações

Avião com delegação russa a caminho da cimeira da Organização de Cooperação Económica Ásia-Pacífico, no Peru, foi escoltado por caças enquanto sobrevoou espaço aéreo suíço

Moscovo pediu explicações ao governo suíço depois de três aviões F/A 18 suíços terem escoltado uma aeronave russa, com destino a Lima, no Peru, enquanto esta sobrevoava o espaço aéreo da Suíça.

Os caças voaram junto do avião que, na sexta-feira, levou a delegação russa que ia participar na cimeira da Organização de Cooperação Económica Ásia-Pacífico, que começou este sábado; além de diplomatas e governantes, no aparelho seguiam também jornalistas, que deram conta da aproximação dos aviões suíços. Muitos colocaram as imagens nas redes sociais.

"Expressámos surpresa e pedimos explicações à Suíça a propósito do incidente com o avião do governo russo nos céus da Confederação", indicou a Rússia, através da conta do Twitter da embaixada russa na Suíça, já este sábado.

O presidente russo, Vladimir Putin, deverá chegar ainda hoje ao encontro que se realiza no Peru este fim de semana.

Em outubro, as Forças Armadas portuguesas acompanharam a frota de navios de guerra russos, encabeçada pelo porta-aviões Almirante Kuznetsov, que passou na zona económica exclusiva de Portugal, vigiando uma eventual entrada dos russos em águas territoriais nacionais.

Com Reuters

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG