Escócia e Irlanda do Norte votaram para ficar na UE

O Reino Unido mostrou-se muito dividido no referendo. A saída do Reino Unido da União Europeia perdeu na Escócia e Irlanda do Norte mas ganhou em Inglaterra e no País de Gales

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o 'Brexit' ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, segundo os resultados finais.

Os defensores da saída do Reino Unido do bloco europeu tiveram 17,41 milhões de votos, indicam os dados divulgados no portal da BBC após ter terminado o apuramento em todos os 382 círculos eleitorais.

Já os partidários da permanência do Reino Unido na União Europeia obtiveram 16,14 milhões de votos, 48,1%.

A taxa de participação no referendo foi de 72,2% e saída do Reino Unido da União Europeia ganhou em Inglaterra e no País de Gales e perdeu na Escócia e na Irlanda do Norte.

De acordo com dados publicados no portal do jornal The Telegraph, o próprio Reino Unido dividiu-se: o 'brexit' venceu em Inglaterra (53,2%) e no País do Gales (51,7%), enquanto na Escócia (62%) e na Irlanda do Norte (55,7%) a maioria votou a favor da permanência no bloco.

A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, já afirmou que a Escócia vê o seu futuro como "parte da União Europeia".

"A Escócia vê o seu futuro como parte da UE. A Escócia votou de forma clara e decisiva para permanecer como parte da União Europeia, 62 contra 38 por cento", afirmou a primeira-ministra, em declarações à BBC.

Sturgeon já tinha indicado que, caso o 'brexit' (saída do Reino Unido da União Europeia) ganhasse, tal poderia precipitar um novo referendo sobre a independência da Escócia.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG