Barcelona. Casal de mulheres é insultado por se beijar no metro

Os insultos foram gravados e chegaram rapidamente às redes sociais.

Um casal de mulheres foi vítima de homofobia após se beijar no metro, na última quarta-feira, em Barcelona, Espanha.

Segundo o jornal espanhol El Mundo , Carla Gallén beijou a namorada no metro mas esta atitude rapidamente deu origem a insultos por parte de uma outra passageira. Após a troca de carinhos, a mulher começou a gritar: "Eu não gosto de vocês. Também tenho um irmão gay e ele não faz essas coisas à minha frente porque tem respeito por mim e sabe que isso me enoja".

O casal gravou o momento e disse à mulher que se estava incomodada podia sair. Os restantes passageiros nada disseram - apenas uma pessoa tentou intervir quando a mulher tentou tirar-lhes o telemóvel com que estavam a filmar a situação.

Carla Gallén partilhou no Twitter o vídeo com a seguinte legenda: "A minha companheira e eu sofremos uma agressão homofóbica no metro. Uma mulher insultou-nos e agrediu-nos por nos estarmos a beijar".

A mulher que insultou o casal, por seu lado, contactou o jornal La Vanguardiae partilhou um vídeo onde explica a reação que teve perante o gesto entre as duas mulheres. "Não se tratava apenas de um beijo, estavam a beijar-se de uma maneira... estavam crianças ao lado", afirmou.

No final do mês de maio um casal de mulheres foi agredido por recusar beijar-se num autocarro em Londres. De acordo com a BBC, Melania Geymonat, de 28 anos, e a sua namorada foram espancadas após terem recusado o pedido de um grupo de jovens para que estas se beijassem.

"Eles cercaram-nos e começaram a dizer coisas realmente agressivas, começaram a falar em posições sexuais e em lésbicas. Depois pediram para nos beijarmos para que eles pudessem ver", contou a jovem de 28 anos. "Quando dei por mim a minha namorada já estava no meio do autocarro a ser agredida. Aproximei-me dela para a retirar de lá e quando dei por mim já estava a ser agredida também", diz ainda.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG