Bar investigado por alugar anões para festas de solteiros

Comité Espanhol de Representantes de Pessoas com Deficiência considera que o estabelecimento está a violar os direitos deste grupo de pessoas com esta condição.

"Quer alugar um anão?", pode ler-se na porta do pub Chaplin, em Benidorm, Espanha. Na verdade, o anúncio no estabelecimento não é novo e o serviço é até solicitado para despedidas de solteiro. Mas só agora conhece as suas consequências. De acordo com o El País, o Ministério Público está a investigar o caso como possível crime de ódio contra pessoas com deficiência.

O anúncio indignou várias organizações, como o Comité Espanhol de Representantes de Pessoas com Deficiência (CERMI) que apelida a situação de "humilhante". "É ridículo e causa efeitos diretos sobre todo o grupo que tem este tipo de deficiência", bem como "aprofunda o estigma das pessoas com baixa estatura, que são tratados como palhaços", disse Jesús Martín Blanco, da CERMI.

"Imagine um menino ou uma menina que frequentam a escola e são adolescentes. Isto afeta a criação da sua própria identidade e a aceitação do seu corpo. Sei isto porque tenho displasia óssea", acrescentou.

"Mas isto existe em todo o lado que faz despedidas de solteiro, pesquisem e vejam", disse um dos funcionário do pub

No Facebook do estabelecimento é possível ver diversas fotografias de clientes junto de anões vestidos com fardas policiais e semi-nus, bem como cartazes a anunciar espetáculos de anões.

Quando contactados pelo El País, os funcionários do Chaplin justificaram-se dizendo que tiveram "apenas um" anão ao serviço deles e que entretanto cancelaram estes espetáculos por haver "pessoas de cabeça muito fechada". "Mas isto existe em todo o lado que faz despedidas de solteiro, pesquisem e vejam", rematam.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG