Avião desenha um coração nos céus para assinalar Dia dos Namorados

Voo de teste de novo Airbus A330-200 da Virgin Atlantic

"É dia de São Valentim e adoramos voar, por isso porque não combinar as duas?" Foi este o desafio da equipa da Virgin Atlantic, que num voo de teste do novo Airbus A330-200, a partir do aeroporto de Gatwick (Londres), resolveu desenhar ontem um coração gigante nos céus do Reino Unido.

O avião, apelidado HonkyTonk Woman em homenagem à música dos Rolling Stones, levantou voo às 11.00 de dia 14 de fevereiro para um voo de duas horas. Os fãs da aviação puderam seguir o voo VS850P em direto no site FlightRadar24.

No blogue da Virgin Atlantic a equipa revela todo o trabalho envolvido no desenho do coração, desde logo encontrar o local perfeito para o fazer (foi a própria Força Aérea britânica que sugeriu a zona). Foi também necessário pedir autorização aos serviços de controlo de tráfego aéreo.

Aos comandos do Airbus ia o capitão JJ Burrows e a bordo uma equipa de 34 pessoas, de vários departamentos da empresa, a garantir que o aparelho está pronto para entrar aos serviços da companhia aérea.

Esta não é a primeira vez que surgem corações nos céus, segundo a FlightRadar24, que aproveitou para recordar outras ocasiões. Em 2015, por exemplo, a Air Malta desenhou não um, mas dois corações sobre a ilha, para assinalar o casamento de dois dos funcionários da companhia aérea, ou o voo para 50 crianças com problemas graves de saúde da Air New Zealand, no passado mês de setembro.