Três mortos nos Montes Apeninos. Há desaparecidos após avalanches na Áustria e na Suíça

Duas pessoas morreram depois de escorregarem no mais alto dos Montes Apeninos, em Itália, esta quinta-feira. Três avalanches atingiram hoje as estâncias de esqui de Ankogel, na Áustria, e a de Andermatt, na Suíça.

Foi um dia negro para os alpinistas. Em Gran Sasso, o mais alto dos Montes Apeninos, três pessoas morreram nas últimas horas em acidentes de caminhada e escalada. Três avalanches atingiram também esta quinta-feira as estâncias de esqui de Ankogel, na Áustria, e a de Andermatt, na Suíça, fazendo pelo menos dois feridos e vários desaparecidos.

Duas das pessoas que perderam a vida em Gran Sasso faziam parte de um grupo de três pessoas que passou a noite num refúgio de montanha e que retomou a escalada hoje de manhã. Escorregaram e caíram, tendo só sobrevivido um elemento do grupo, de acordo com o relato do sobrevivente.

Na mesma zona, foi também encontrado o cadáver de uma mulher que estava desaparecida desde quarta-feira.

O guia de montanha de Gran Sasso, Marco Iovenitti, fez um alerta no Facebook, onde disse que estes não eram bons dias para escalar naquela zona.

"Geralmente não escrevo esse tipo de mensagem, mas como guia alpino, sinto que preciso de o fazer esta manhã. Infelizmente, hoje não é um "bom dia" para as montanhas", escreveu o guia, referindo que a montanha é "muito perigosa por estes dias", e que "as fortes rajadas dos últimos dias, combinadas com a chuva violenta, mesmo a 2100/2200 metros, literalmente vitrificaram todas as encostas, mesmo aquelas onde não há neve", escreveu

Em Andermatt, duas pessoas foram retiradas da neve com ferimentos ligeiros e levadas para o hospital, disse um porta-voz da polícia suíça, citado pela Reuters. Outras quatro pessoas foram retiradas da neve sem ferimentos, mas ainda não é claro quantas possam ainda estar enterradas debaixo da neve. Em curso está uma operação de resgate com recursos consideráveis.

Em Ankogel, três avalanches enterraram duas pessoas, que entretanto se conseguiram libertar. Mais de 60 elementos de equipas de resgate, helicópteros e cães estão à procura de pessoas que possam estar enterradas na neve.

Em ambos os locais, os níveis de alerta de avalanche eram de três numa escala de cinco.

em atualização

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG