Haddad vs. Bolsonaro: atores da Globo em guerra política

José de Abreu, eleitor de Haddad, e Regina Duarte, apoiante de Bolsonaro, brigam nas redes sociais. Emissora preocupada com repercussão negativa.

O apoio de Regina Duarte a Jair Bolsonaro, traduzido numa visita da atriz ao apartamento do candidato, motivou reações acaloradas nas redes sociais, uma delas de José de Abreu, tal como ela uma estrela vinculada à TV Globo. Abreu, que é eleitor de Fernando Haddad e um militante fiel do PT, disse que respeitou Regina quando ela apoiou os candidatos presidenciais Fernando Henrique Cardoso, José Serra e Geraldo Alckmin, todos do PSDB, "e, portanto, da direita democrática". "Mas apoiar fascista é demais", concluiu.

"Nossos colegas, Regina Duarte, sejam artistas, técnicos, gays, lésbicas ou heteros, todos nós, estamos apavorados com o advento do fascismo, ninguém mais trabalha sossegado com essa ameaça de trevas sobre nossas almas sensíveis, não é possível um colega de tantos anos não respeitar isso", escreveu na rede social Twitter.

Regina Duarte partilhara também notícias sobre o auxílio reclusão, um benefício conhecido popularmente como "bolsa presidiário" e que se traduz numa verba do governo destinada às famílias pobres cujo único sustento era o membro entretanto detido. José de Abreu não gostou: "Bolsa presidiário existe desde 1991, sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso do ponto eletrónico para atores na Globo) mas 'dar um google' evitaria você passar fake news do fascista que você apoia."

Em resposta, a atriz publicou partes do programa eleitoral de Haddad supostamente semelhantes ao do líder fascista italiano Benito Mussolini sob a legenda "quem é fascista?".

Patrícia Pillar, eleitora do seu ex-marido Ciro Gomes na primeira volta e agora apoiante de Haddad, também criticou Regina. "A apologia da violência só trará mais violência", escreveu. Outros atores, como Marcelo Serrado, apoiaram essa e uma outra publicação de Pillar em que ela agradecia "aos não petistas que votam Haddad".

Dado Dollabella, ex-ator da Globo, também criticou Regina Duarte. "Valeu pecuarista, apoiando o Bostanazi."

Em contrapartida, o humorista Danilo Gentili, da Record, defendeu a atriz e atacou Abreu. Assim como Alexandre Frota, outro ex-Globo, recém-eleito deputado federal pelo partido de Bolsonaro, o PSL.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG